Jogo da “Baleia Azul”: conheça, oriente e acabe logo com isso!!!

Em 2015, na Rússia, após a morte de dois adolescentes, a polícia descobriu que os jovens haviam cometido suicídio, que era o último desafio de um jogo terrível, que surgiu a partir de uma notícia falsa divulgada nas redes sociais, chamado de “Baleia Azul”.

E graças a Internet, a “Receita de Suicídio” se espalhou rapidamente por outros países. Na Europa, as escolas passaram a alertar as famílias, pois muitos jovens começaram a aparecer com manchas, cortes, cicatrizes e mutilações no corpo, oriundos das regras perversas do jogo.

Veronika Volkova (Picture: East2West)

Aqui no Brasil, a polícia já investiga duas mortes (no Mato Grosso e na Paraíba) e uma tentativa de suicídio (Rio de Janeiro) provavelmente ligadas ao jogo.

E você, sabe o que fazer para evitar que essa ameaça chegue a um filho, parente ou amigo?

Acompanhe ao máximo o que acontece nas REDES SOCIAIS, bate-papos e mensagens trocadas pelos jovens, verifique o surgimento de sinais de marcas o corpo, observe comportamentos estranhos, mudanças de rotina, monitore o uso da Internet frequentemente, converse e oriente sobre os riscos  que esses “jogos”, “brincadeiras” ou “desafios” perversos podem trazer para a saúde e para a vida.

“Não adianta proibir, é preciso educar para o uso correto!”

Um abraço, Marcelo Assis.

 

7 Comentários


  1. Sou professora e tenho interesse em me manter atualizada sobre assuntos que envolvam crianças e adolescentes.

    Responder

    1. Olá Elissônia, tudo bem? Fique a vontade para acompanhar os conteúdos que compartilhamos aqui no site. Deixe seu e-mail, pois sempre que publicamos algo novo comunicamos nossos seguidores. E nos acompanhe também no Facebook: https://www.facebook.com/infanciadigital. Obrigado pela visita e seja bem-vinda!!

      Responder

  2. Soube essa semana desse “jogo/desafio”! Doideira demais, né?! Seu trabalho de divulgar e orientar país/responsáveis com relação às suas crianças é sensacional! Deus te abençoe!

    Responder

    1. Oi Zezé, que bom ter os amigos por aqui! Obrigado pelas palavras motivadoras. Fiquemos com Deus!!

      Responder

  3. Meu Deus que jogo assustador.
    Temos que orientar nossos jovens e crianças, já que não podemos proibir o uso de internet e celular .

    Responder

    1. Olá Manu, tudo bem? Você disse tudo? precisamos orientar!! O uso da tecnologia cresce vorazmente e se integra em nossas vidas de tal maneira que não podemos proibir. Educar é o caminho. Obrigado pela presença!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *